sábado, 6 de novembro de 2010

Bomba elétrica

Comprei uma bomba elétrica. Minha sogra foi à Portugal e lá é bem mais barato (84 Euros). Como voltarei a trabalhar em janeiro, aproveitei a ocasião.

Gostei muito. Não machuca (ñunca tive os mamilos fissurados e minha bebê mama em livre demanda há 5 meses) e tira bastante leite. Eu gastava, em média pela manhã, 35 minutos para tirar, no máximo 50mL. Com a bomba, tirei 85mL em 20 minutos, ou seja, uma diferença de rendimento de quase 35%.

Já no segundo dia, tirei 110mL em 20 minutos. Não é necessário, para isso, deixar  na regulagem mais forte, mesmo porque o mamilo e os alvéolos podem ser traumatizados com uma sucção forte. A mais fraquinha é suficiente, desde que você dê umas paradas para massagear a mama e, conforme a bomba suga, você ajude, empurrando suavemente a mama para trás em várias direções, para que seja retirado o leite de todos os alvéolos.

Credo! Parece que estou falando de ordenha de vaca, hehe. Mas, quando você tem que tirar sempre, que é o meu caso, um ganho de 25 minutos a cada ordenha é algo MUITO precioso!!!

Hoje, eu tiro e dôo mas, em breve, tirarei para as papinhas da Marina e para deixar na Escola para ela tomar.

Escrevi uma vez sobre bombas e ordenha manual quando comprei uma bomba manual, no fim, acabei deixando-a de lado pois manualmente rendia muito mais do que a bomba manual. Para quem quiser ler: Bombinha ou ordenha manual? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...