terça-feira, 7 de junho de 2011

Entupimento da glândula de Montgomery

Amamentando a Marina esses dias percebi uma dor aguda no mamilo.

Pense que ela pudesse ter me machucado de alguma forma. Um, dois, três dias com a dor e nada de melhorar. Estava ficando difícil amamenta-la nesta mama.

No quarto dia, fui tomar banho mais cedo e com mais tempo (Marina dormia e meu marido estava em casa) e resolvi olhar se havia algum corte ou se eu poderia estar novamente com candidíase.

Logo abaixo do mamilo, já na aréola, vi um pontinho parecendo uma espinha bem pequenina, dolorida, dolorida. Não tive dúvida: espremi. Doeu. Como doeu. Saiu uma secreção amarelada, densa, como se fosse uma espinha, em seguida saiu bastante sangue.

Pois é, era uma glândula de Montgomery, aquela responsável por lubrificar o mamilo e a aréola que entupiu e inflamou. Ainda bem que não deu tempo de infeccionar.

Por isso que é bom aproveitar a hora do banho para ver bem as mamas, apalpá-las, olhar o mamilo por cima, por baixo, todos os dias. 1 ano amamentando... tem que cuidar do “equipamento”!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...