quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Um mamá por uma banana

Quando está com fome, Marina não pede para comer, pede para mamar.

Sabendo disso, sempre tento prever, dentro dos horários das principais refeições, a hora que ela vai pedir para mamar para já deixar a caminho o café da manhã, almoço e jantar.

Ontem, ela não quis jantar muito. O tempo estava quente e então fomos ao pátio do condomínio para que ela pudesse brincar um pouco e voltar com um pouco mais de fome. Além de tudo ainda era cedo...

Voltamos, ofereci água e ela brincou mais um pouquinho. Logo preparei uma banana cozida para deixar para ela assim que ela pedisse para comer. Não deu outra. Ela logo pediu: Tetê! Tetê!

Pela forma que estava pedindo, achei que não aceitaria a troca pela banana. Quando abri a panela, ela fez: Hummmm!!! Pediu para sentar na cadeirinha e comeu a banana todinha sozinha. E desistiu do mamá naquela hora.

Essa é a delícia do desmame natural. O tetê estava ali. Eu ofereci outra coisa e ela se sentiu pronta para fazer a troca. Viu prazer naquela bananinha cozida. Sem choro, sem sofrimento nem pra mim, nem para ela.

Desmame natural é tudo de bom!!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...