sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Tetê no papai

Ricardo e Marina brincando
após o café da manhã
Amamentar prolongadamente têm coisas bem interessantes.

Marina tem tão clara esta coisa de tetê = carinho que, outra noite, depois de mamar, bem na hora de dormir, ela virou para o pai e disse: Agora vou tomar tetê no papai! 

Marina, mas o papai não tem leite! Dissemos à ela.

Ela retrucou: Tem sim, tem leite sim! Rimos muito e dizemos à ela que o papai tinha tetê mas não tinha leite, que ele tinha carinho.

No final das contas, ela entendeu que não seria possível (rs) mas ficou muito claro pra gente que hoje eu e o Ricardo temos a mesma importância para ela e que podemos fazer as mesmas coisas por ela, inclusive, amamentá-la. Amamentá-la não só com leite mas também com amor, com carinho.

E tem pai ainda que acha que a criança nunca vai querer ficar com ele por causa da amamentação!!!!  O Ricardo soube estabelecer esta relação com a Marina. Me apoiando e cativando sua filhotinha. Cativar. E como você se torna responsável por tudo aquilo que cativas, papai Ricardo agora é "pãe"....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...